Typography – Tipografia – Tipográfia – Typographie – Typografie – Typografi – Τυπογραφία

Archivio del tag ‘Aldo Manuzio’

7) Scritti – Calligrafici: (Classificação Novarese) primera parte

con 6 commenti - leggili e lascia anche il tuo, grazie

«Hypnerotomachia Poliphili» de Francesco Colonna (1499)

con 6 commenti - leggili e lascia anche il tuo, grazie

O ponto médio centrado

questo post è ancora senza commenti! - lascia il tuo, grazie
Iscrizioni lapidarie altiniane conservate presso il Museo Archeologico di Altino (Ve)
Inscrições lapidárias altiniane mantidas no Museu Arqueológico de Altino perto de Veneza

O primeiro sinal de pontuação utilizado na história da escrita é o ponto médio centrado (·) presente nas inscrições lapidárias romanas, em abreviações e, mais tarde, para usado para separar nomes próprios (na época ainda não se utilizava espaços entre palavras).

A palavra latina signum foi provavelmente relacionada com o verbo cortar, ou seja, o signum seria originalmente o produto de um corte ou da separação.

Ainda na época dos romanos, o ponto centrado foi utilizado para separar todas as palavras e para sinalizar o final de uma frase.
Em tempos medievais surgiram outros sinais, que foram utilizados pelos escribas com parcimônia, mas com  muitas variações. Mas de fato, era utilizado essencialmente em abreviaturas. A riqueza das conjunções do latim tornava supérflua a maior parte dos sinais de pontuação e as grandes capitulares no início do período muitas vezes tornavam desnecessário o ponto final.
Apenas com o surgimento da imprensa, no final da Idade Média, foram estabelecidas regras no padrão de uso da pontuação.

Será Aldo Manuzio, o grande tipógrafo de Veneza, a dar origem a um sistema próximo do atual, na edição das obras de Pietro Bembo (a partir de 1496): vírgula, da mesma forma que hoje, ponto e vírgula para uma pausa menor do que a indicada por dois pontos, o ponto no final do período e o “ponto móvel” no final de frases dentro do parágrafo, apóstrofe e acento tônico.
Ainda hoje o ponto médio centrado, embora raramente utilizado, é uma das formas de pontuação tipografica mais simples e mais eficaz (em catalão serve para dividir um “ele” duplo minúsculo, como nas palavras: intel·lectual, col·laboració, etc.).

Texto em italiano

(Italiano) I prossimi corsi di Calligrafia dell’Associazione Calligrafica Italiana – 2008

con 29 commenti - leggili e lascia anche il tuo, grazie

4) Venetian – Renascimental (Classificação Novarese)

con 9 commenti - leggili e lascia anche il tuo, grazie

Caderno de Tipografia 9 – Junho de 2008

questo post è ancora senza commenti! - lascia il tuo, grazie

Ele saiu a nova edição da revista digital português “Caderno de Tipografia” que incidem sobre temas relacionados com a Tipografia, o typeface design, o design gráfico, a análise social e cultural dos fenómenos relacionados com a edição, publicação e reprodução de textos e imagens.
O tema central do Caderno de Tipografia 9 é o Typeface Design.
Os artigos desta edição são: Toca a fontstructar!; Capsa. Nem Génesis, nem Eureka!; Aldus Manutius e a Imprensa Aldina; A fonte Arati, revivalismo de uma romana de Aldus Manutius; Cada palavra é uma flor – Nü Shu, a escrita das mulheres; «Tipografia elementar» de Iwan Tschichold

Os «Cadernos», publicados em português, e ocasionalmente e parcialmente também em castelhano, galego ou catalão, dirigem os seus temas ao mundo lusófono e hispânico, concretamente a leitores em Portugal, Espanha, Brasil e América Latina.

A distribuição é feita grátis, por divulgação da versão PDF posta à disposição do público interessado em: Tipografos.

Texto em italiano